mormon.org Brasil

Oi, eu sou vivian muñoz

  • Vivian Muñoz
  • Vivian Muñoz
  • Vivian Muñoz
  • Vivian Muñoz
  • Vivian Muñoz
  • Vivian Muñoz
  • Vivian Muñoz
  • Vivian Muñoz

Sobre mim

Sou mórmon. Nasci em uma das primeiras famílias de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em meu lindo país, Chile. Desde pequena, sempre amei ler; eu era estudiosa e amava obter conhecimento e, mais tarde, me apaixonei por Ciências e pela área da Medicina. Frequentei a Universidade do Chile, onde me formei como médica, e há 27 anos trabalho com tratamento e prevenção de doenças relacionadas à nutrição, como obesidade e diabetes. Por uns 15 anos, trabalhei em mais de um canal de televisão como palestrante em programas matinais, ensinando as pessoas a se alimentarem melhor, ajudando muitas pessoas a realmente se interessar por esses assuntos. Que oportunidade maravilhosa poder ensinar os princípios do evangelho, como cuidar de nosso corpo como um templo, assim como aprendi com meus professores na Igreja e também na universidade!!! Casei-me com um homem maravilhoso, que foi um missionário da Igreja na Argentina, e temos sete filhos maravilhosos, dois netos e uma netinha que vai nascer em agosto de 2015. Sou imensamente feliz por ser membro da Igreja. É maravilhoso saber que Jesus é o Cristo, nosso Salvador e nosso exemplo a seguir… e que as famílias não acabam quando “a morte nos separa”, as famílias podem ser eternas!!! E sei como!!!

Por que sou mórmon?

Tive a bênção de nascer em uma família que já tinha a verdade do evangelho, então meus primeiros passos foram guiados pelo conhecimento do evangelho. Estudei por muitos anos em uma escola católica, que era a melhor que havia na cidade onde cresci (foi por isso que meus pais me matricularam lá), e, ao me familiarizar com aquela religião de um lado e com A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias do outro, pude descobrir por mim mesma, com toda certeza em meu coração, que o reino de Deus na Terra e Sua autoridade e a verdade completa estavam na Igreja onde meus pais me criaram. Em meu coração, recebi respostas às minhas orações, e Deus me confirmou que esta é a Sua verdade e o melhor lugar em que eu poderia estar e criar meus filhos.

Histórias Pessoais

Como o Espírito Santo lhe ajudou?

Desde que eu era pequena, sempre tive a experiência única e especial de comunicação com o meu Criador, por meio da oração pessoal. Em muitas ocasiões, tive sentimentos, pensamentos e sensação de paz, consolo e orientação quando pedi Sua ajuda e Suas respostas para minhas preocupações. Lembro-me de noites escuras, chuvosas e frias quando eu acordava morrendo de medo, quando era pequena; eu orava com fé, pedindo a Deus que acalmasse meus temores, então sentia tanta paz à medida que o medo desaparecia; sentia novamente o conforto e depois segurança, sabendo que Ele estava lá, perto de mim, que Ele realmente me conhece, que sou importante para Ele. Ele me ama e deseja o melhor para mim. É por isso que, por meio do Espírito Santo, Ele realmente Se comunica comigo para qualquer coisa que eu Lhe pedir com fé. Também, sempre que pedia a Ele, em angústia, para me ajudar a encontrar algo que eu havia perdido, que era importante para mim, eu voltava e procurava no mesmo lugar que já havia olhado, e muitas vezes achava o que tinha perdido, mas somente depois de pedir a Ele, e não antes. Quando fiquei mais velha, sempre que encontrava um rapaz que parecia interessante ou especial, eu orava ao meu Pai Celestial pedindo orientação, para que Ele me ajudasse a encontrar a melhor pessoa, com quem eu poderia ser feliz. E todas as vezes, recebi minha resposta; muitas vezes foi um “Não”, e apenas uma vez foi um “Sim”!! E aquele dia foi maravilhoso!

Como vivo minha fé

Todos os domingos, nossa família acorda cedo para ir à igreja, onde podemos renovar os convênios que fizemos quando fomos batizados. É maravilhoso saber que, apesar do fato de nem sempre nos encontrarmos, meus filhos Andrea e Francisco, que são casados, fazem a mesma coisa onde eles vivem e estão envolvidos nas mesmas coisas que nós, com seus filhos. Estamos sempre ligados!!! Às 5 horas da manhã, Agustin (14 anos) e Elizabeth (16 anos) já estão acordados, assim como seus irmãos mais velhos faziam quando tinham a mesma idade, para participar das aulas sobre as escrituras (Seminário), às 6 horas da manhã, em nossa capela, de segunda a sexta-feira e de lá vão para a escola, (assim como eu fiz quando tinha a mesma idade, e por quatro anos!!!). Sentimos alegria quando aprendemos, com professores inspirados, as verdades eternas de Deus para nossa vida, e encontramos muitas respostas para todas as preocupações da juventude e que são eternas. Não consigo imaginar minha vida sem a Igreja. Grande parte da minha felicidade como filha, irmã, esposa e mãe vem das coisas que aprendo e vivencio ao me esforçar para viver o evangelho de Jesus Cristo.