mormon.org Brasil

Oi, eu sou 智子 (Nakamura Tomoko)

  • Nakamura Tomoko
  • Nakamura Tomoko
  • Nakamura Tomoko
  • Nakamura Tomoko
  • Nakamura Tomoko
  • Nakamura Tomoko
  • Nakamura Tomoko
  • Nakamura Tomoko

Sobre mim

Por meio da influência de pais que amavam música, cresci ouvindo música clássica desde quando eu era bem pequena. Também adoro filmes e peças de teatro e por meio dessas influências pude conhecer uma grande variedade de gêneros musicais; a música está presente em minha vida diariamente. Embora eu seja professora de piano, graças a essas pessoas com quem me relaciono, estou expandindo meus horizontes rapidamente, incluindo musicais, coros, participação em elencos de teatro, tocando sinos de mão, tendo aulas de canto, e também faço trabalho voluntário. Sou muito ocupada, e ajuda muito o fato de minha família ser compreensiva e cooperar. Com meu trabalho atual, meus passatempos e meu trabalho voluntário, sinto a alegria que a música proporciona.

Por que sou mórmon?

Embora existam muitas igrejas diferentes, para mim foi A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias que me ensinou sobre o amor de Deus e de Jesus Cristo e sobre a existência Deles. Resolvi entrar para a Igreja do Senhor depois de ter orado pessoalmente sobre isso por muito tempo, e de obter uma forte convicção e ter um sentimento caloroso no meu coração. Por meio dos ensinamentos da Igreja, tenho aprendido a respeito do propósito e da razão de viver e tenho respostas claras para minhas perguntas. Jesus ama cada um de nós e às vezes Ele cria oportunidades para nosso crescimento, dando-nos provações. E há muitos outros ensinamentos também, como amar a Deus, amar ao próximo como a si mesmo, ser honesto consigo mesmo e com os outros, tendo o cuidado para não ser orgulhoso. Também tenho muitas fraquezas e às vezes fico deprimida, mas estou firme na minha resolução de trabalhar para atingir metas de valor eterno e continuar a aprender sem desistir.

Como vivo minha fé

Todos os domingos, toda a minha família vai à Igreja. Na Igreja, eu não apenas interajo com aqueles que são da minha idade, mas também com muitas outras pessoas. Até o momento, já servi em presidências e como professora em classes para crianças (de 1–12 anos), para jovens (de 13–17) e para mulheres de 18 anos ou mais. Posso usar os talentos que tenho e aumentá-los sendo regente de coros, diretora de musicais, etc. Atualmente estou ensinando o evangelho para jovens que estão no Ensino Médio e, nas minhas horas de folga nos fins de semana, participo de um coro da Igreja e sou professora visitante. Nessas interações com tantas pessoas, acredito que estou aprendendo e crescendo muito mais com elas do que as tenho ensinado, e sou grata por isso. Por meio do evangelho (isto é, dos ensinamentos maravilhosos da Igreja), continuarei a cultivar o amor, aquele amor como o de Cristo, e quero continuar a demonstrar alegria e entusiasmo pela vida por meio da música.