mormon.org Brasil

Há restrições com base em raça ou cor com relação àqueles que podem filiar-se à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e receber o sacerdócio?

Resposta Oficial

Não há restrições com base em raça ou cor com relação àqueles que podem filiar-se à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Também não há restrições com base em raça ou cor com relação àqueles que podem receber o sacerdócio na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Uma declaração oficial da Igreja afirma: “Todo homem da Igreja fiel e digno [pode] receber o santo sacerdócio, com o poder para exercer sua autoridade divina e usufruir, com seus entes queridos, todas as bênçãos que dele provêm, incluindo-se as bênçãos do templo. Portanto todos os homens dignos da Igreja podem ser ordenados ao sacerdócio, independentemente de sua raça ou cor”.
Doutrina e Convênios, Declaração Oficial – 2, 294).

Gordon B. Hinckley, que foi Presidente da Igreja, reafirmou esse princípio quando discursava para o National Press Club, em Washington D. C., dizendo: “Cremos no velho ditado que diz que a união faz a força. Temos um sacerdócio leigo e todo homem digno está qualificado para receber esse sacerdócio”.

  • Não há nenhuma restrição de cor ou raça no tangente a quem pode se tornar membro da Igreja. Sou latino e me filiei à Igreja na década de 80. Nunca me foi negado nada dentro da Igreja por causa da minha nacionalidade. Mostrar mais

  • Adoro essa pergunta, sabendo que esse foi um dos maiores motivos pelos quais eu não queria me filiar à Igreja. Somos todos apenas tons diferentes da mesma cor que Deus criou, Seus pensamentos não são nossos pensamentos. É por isso que precisamos confiar em sua palavra escrita e não no braço da carne, jamais devemos correr mais rápido do que Deus nos permite correr. Um profundo entendimento advém do real interesse de saber o que é verdade. Um homem de Deus é um homem de Deus, não importa o que as pessoas vejam por fora. Um dom que vem de Deus é dado com base na dignidade da pessoa, e todas as coisas sagradas são dadas aos que são realmente fiéis em todas as coisas, independentemente de raça ou cor. Mostrar mais

  • Não, não há. Eu tenho o sacerdócio, que é uma bênção incrível para mim e para minha família. Por algum tempo, houve restrições, e parece que havia um sentimento ruim contra a Igreja por isso, mas pensem nisto: Em meus estudos pessoais, não houve uma única Igreja ou religião nos Estados Unidos, ou no mundo inteiro, no século passado que não praticasse algum tipo de segregação ou discriminação. Os seres humanos estão longe da perfeição (e é por isso que todos precisamos da influência de um Deus amoroso na vida). Em meados do século XIX, os líderes de nossa Igreja, em especial, sofreram grande perseguição por permitir que escravos se tornassem membros e que morassem entre os mórmons, e eles foram cobertos de piche e penas, espancados e expulsos de suas casas por isso. De fato, em 1844, quando Joseph Smith, o primeiro profeta moderno da Igreja, candidatou-se à presidência dos Estados Unidos, um dos temas principais de sua campanha foi a abolição da escravidão em 1850. Isso não teve boa repercussão em um estado no qual as pessoas possuíam escravos como propriedade. Como em qualquer outra religião, as pessoas se esforçam para melhorar vivendo plenamente os princípios ensinados pelo Salvador, algo que acontece linha sobre linha, preceito sobre preceito. Tendo dito tudo isso, a Igreja tem uma declaração oficial impressa em suas escrituras anunciando ao mundo que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, como um todo, não permite nenhuma forma de discriminação racial em qualquer parte da Igreja. Não conheço muitas religiões que têm um documento oficial como esse que está incluído nas escrituras usadas por todos os santos dos últimos dias. Há muito poder na revelação pessoal, e ela pode ser dada a todos os homens que buscam o Senhor e que têm o desejo de conhecer Sua vontade. É fantástico! Mostrar mais

Sem Resultados