mormon.org Brasil

Quem escreveu o Livro de Mórmon?

Resposta Oficial

O Livro de Mórmon é outro testamento de que Jesus Cristo de fato viveu e de que Ele foi e é o Filho de Deus. Ele contém os escritos de profetas antigos. Um desses profetas, Leí, viveu em Jerusalém cerca de 600 anos a.C. Deus ordenou a Leí que liderasse um pequeno grupo de pessoas ao continente americano. Nesse continente, tornaram-se uma grande civilização.

Deus continuou a chamar profetas entre esse povo. O Livro de Mórmon é uma coleção de escritos de seus profetas e mantenedores de registros. O livro recebeu o nome de Mórmon, um dos últimos desses profetas antigos.

Esses profetas conheciam o plano do Pai Celestial para Seus filhos e a missão de Jesus Cristo. Eles registraram que Cristo apareceu, após Sua Ressurreição, ao povo das Américas, ensinou-lhes Seu evangelho e organizou Sua Igreja entre eles. O livro contém os ensinamentos de Jesus Cristo e testifica de Sua Expiação e de Seu amor. Ele apoia e confirma a Bíblia.

O Livro de Mórmon termina com uma promessa grandiosa de que aqueles que o lerem e orarem sinceramente a seu respeito saberão pelo Espírito Santo que ele é verdadeiro (Morôni 10:4).

  • A leitura deste livro sem dúvida mudou minha vida. O Livro de Mórmon é composto por um conjunto de registros que remonta ao tempo antigo, aproximadamente 600A.C. a 400D.C., mas só foi traduzido do egípcio antigo para o inglês no século 19. Desde essa época, ele já foi traduzido para centenas de idiomas, inclusive o árabe, urdu, hindi e farsi. O Livro de Mórmon foi escrito por muitos profetas da antiguidade que viveram no que conhecemos como continente americano. Por cerca de mil anos, tais registros foram passados de geração a geração e, enquanto a Bíblia era escrita no Oriente Médio, o registro conhecido como Livro de Mórmon também era escrito do outro lado do mundo, abordando os mesmos tópicos que Deus queria que Seus filhos conhecessem, principalmente sobre o significado da vida, por que viemos a Terra e a importância do papel de Cristo. Ele recebeu o nome de Livro de Mórmon porque um profeta chamado Mórmon guardou os registros e os entregou a seu filho. Na realidade ele é um registro escriturístico, que tem o mesmo propósito da Bíblia, e é outro testamento de Cristo. Mostrar mais

Sem Resultados