#PorqueEleVive

Porque Ele Vive

Jesus Cristo realmente viveu. Ele andou pela Terra Santa, realizando milagres e ensinando verdades. Depois foi crucificado. Mas Sua morte não foi o fim. Graças à Sua Ressurreição, nós viveremos novamente. Graças ao Seu sacrifício, podemos elevar-nos acima do pecado e vivenciar a verdadeira alegria. Porque Ele vive, podemos encontrar Sua ajuda e cura todos os dias de nossa vida.

Descobrir

Quem é Jesus Cristo? Por que é importante saber que Ele está vivo? Saiba mais.

Aceitar

Para compreender Jesus Cristo é preciso entender Sua missão e o significado dela para todos nós. Saiba mais.

Compartilhar

Por causa do sacrifício de Jesus Cristo, todos podemos vivenciar a verdadeira alegria. Somos convidados a compartilhar Sua mensagem com o mundo. Veja como.


Semana da Páscoa
A última semana da vida de Jesus Cristo mudou o mundo para sempre. Veja como cada dia pode nos ajudar a entender melhor Sua milagrosa missão — antes e agora.

  • Jesus Cristo entra triunfantemente em Jerusalém; Seus seguidores reverentemente estendem capas e folhas de palmeiras em Seu caminho. Não é a primeira vez que Ele entra na cidade. Sua missão de três anos O levou por toda a Terra Santa, onde Ele ensinou, operou milagres e espalhou a luz de Seu evangelho. Mas desta vez, Jesus Cristo está Se preparando para realizar Seu maior milagre.

    Como tudo o que Ele fez, a entrada de Jesus Cristo cumpre uma profecia. Sua chegada em Jerusalém é uma poderosa evidência de que Deus cumpre Suas promessas a Seus filhos. Nosso Pai Celestial providenciou um caminho para vencermos o pecado e a morte — por meio de Seu Filho, Jesus Cristo.

  • Depois de entrar em Jerusalém, uma das primeiras coisas que Jesus Cristo faz é ir ao templo. Lá, dentro da casa de Seu Pai, Jesus vê vários mercadores comprando e vendendo para os que por lá passavam. Falando com autoridade inconfundível, Ele ordena que saiam.

    A purificação do templo em Jerusalém foi um ato de bravura. Podemos nos encher de coragem sabendo que Jesus Cristo fez o que sabia ser o certo, sendo ou não popular. Quando O seguimos, recebemos forças para fazer o mesmo.

  • A presença de Jesus em Jerusalém não passou despercebida pelas autoridades. Elas tentam desacreditá-Lo pois O veem como uma ameaça. No Monte do Templo, questionam Jesus na esperança de encontrar alguma coisa que possam usar contra Ele. Mas as respostas inspiradas de Jesus revelam que não há crimes, e Seus inimigos apenas recebem descrédito.

    A despeito de uma imensa oposição, o trabalho de Jesus Cristo segue em frente. Por causa de Seu grande amor por nós, não temos de enfrentar os obstáculos da vida sozinhos. Quando buscamos Sua ajuda, podemos superar até mesmo os maiores desafios.

  • Os eventos da quarta-feira são desconhecidos. Mas, ao invés de se concentrar onde Jesus estava, podemos nos concentrar nos ensinamentos de Jesus durante Seu ministério.

    Jesus Cristo foi o Mestre dos mestres. Ao abrir nosso coração a Ele, encontraremos respostas para as perguntas mais importantes da vida. Mas, ao fazer isso, devemos ser como Seus discípulos: humildes e sinceros.

  • Jesus celebra a Páscoa com Seus apóstolos, que é conhecida como a Última Ceia. Ele demonstra Seu amor por eles, tanto por palavras como por ações. Juntos vão até um jardim tranquilo chamado Getsêmani. Mas o que acontece em seguida Jesus deve suportar sozinho. Ele ora e é tomado por uma agonia incomensurável. Este é o início do auge da missão sagrada de Jesus Cristo. Ele toma sobre Si os pecados do mundo.

    Embora tenha vivido uma vida perfeita, Jesus Cristo pagou o preço por todos os nossos pecados. Era um sacrifício que somente Ele poderia fazer, e Ele o fez de Sua própria vontade — por você, por todos nós.

  • Nas primeiras horas da manhã, Jesus foi entregue nas mãos das autoridades locais. Depois de vários interrogatórios injustos, Ele é sentenciado a morte pela crucificação. Ele morre na cruz naquela tarde, tendo Seus discípulos e acusadores presentes como testemunhas.

    Por Jesus Cristo ter experimentado um sofrimento tão profundo, Ele tem uma empatia perfeita por nós quando estamos sofrendo, seja física ou espiritualmente. Por ter vencido a morte para viver novamente, Ele tem o poder de nos ajudar a superar os desafios de nossa vida, não importa quão tenebrosas e difíceis as coisas possam parecer.

  • Na noite anterior, o corpo de Jesus Cristo foi colocado no sepulcro. As escrituras nada falam sobre o dia depois de Sua crucificação.

    Provavelmente foi um dia de profunda reflexão para Seus seguidores e familiares. Da mesma forma, você e sua família estão convidados a pensar verdadeiramente sobre o que Jesus Cristo passou e por que Ele estava disposto a assim fazer.

  • De manhã cedo, Maria Madalena, uma amiga e seguidora de Jesus, vai até o sepulcro para cuidar do corpo de Jesus Cristo. Para seu espanto, ela encontra o sepulcro vazio. Mas ela não está sozinha. Um homem fala com ela, que, supõe ela, ser o jardineiro. Mas Ele a chama pelo nome: “Maria”. Então ela vê. Ele é Jesus. O Cristo vive.

    Jesus Cristo venceu a morte e ressuscitou, e porque Ele vive, todos viveremos novamente. Porque Ele vive, não somente no terceiro dia, mas hoje, todos os dias, podemos encontrá-Lo.

Por que Jesus Cristo é importante em nossos dias?
Ele Está Aqui
Não importa onde você esteja, o amor de Jesus Cristo é universal. Diga-nos onde você vê Sua influência em sua vida. Compartilhe suas experiências no Facebook, Twitter ou Instagram usando a hashtag #PorqueEleVive.
  • {{tiledata.title}}
    {{tiledata.content}}
    {{tiledata.description}}
  • Ver Mais
Fechar
Converse conosco online
Sua privacidade é importante para nós. Leia nossa Norma de Privacidade.
Você também pode conversar com um missionário por telefone. Ligue para: 1-888-537-6600 (somente nos EUA e no Canadá).