mormon.org Brasil
Keyth: fotografia, amo, testemunho, seriados, Mórmon.

Oi, eu sou Keyth

Sobre mim

Meus passatempos preferidos são ler, fotografar e assistir seriados e filmes. Eu cursava agronomia, mas tranquei por não me identificar com o curso, pretendo cursar odontologia quando voltar de missão.

Por que sou mórmon?

Sou filhas de pais membros da igreja, ou seja, nasci no convenio e ate meus 10/11 anos eu vivia sobe o testemunho deles, ate que para entrar nas moças eu deveria ler o livro de mórmon todo e enquanto estava lendo, orei ao pai celestial para que ele me confirmasse se aquilo era verdade, pois queria ter o meu próprio testemunho; e então eu senti que tudo que eu havia lido era verdade sim. Não consigo explicar o sentimento que tive, mas tive a certeza em meu coração e mente que este evangelho é verdadeiro. dai em diante eu venho adquirindo ainda mais testemunho, como o do dizimo, jejum, , palavra de sabedoria, profeta, conferencias, somos chamados pelo pai para servir na igreja e que ele nos conhece e sabe dos desejos e ansiedades de nosso coração. Eu amo este evangelho, amo o progresso que vamos adquirindo, amo meu salvador Jesus Cristo, sou imensamente grata pela expiação, pois sem ela não poderíamos voltar a presença do Pai Celestial; amo as escrituras e sei que uma complementa a outra, sou grata por Joseph ter orado no bosque e perguntado qual igreja ele deveria filiar-se e tenho a absoluta certeza que o Deus e Jesus Cristo apareceram e o responderam; como disse antes eu amo meu salvador e este evangelho.

Histórias Pessoais

Como a frequência às reuniões da Igreja ajuda você?

Nós somos um carvão em uma fogueira, imagine um carvão sendo retirado da fogueira. de inicio ele vai continuar quente, mas logo logo ele ira esfriar; é isso que acontece conosco, quando vamos a igreja ficamos junto com os outros membros nos ajudando mutualmente, renovamos nossos convênios, recarregamos nossa bateria espiritual, mas quando deixamos de ir, com o tempo vamos esfriando, deixando de renovar nossos convênios, deixando de estar com os membros, deixando de estar na fogueira.

Como vivo minha fé

Procuro sempre servir o meu próximo, em casa ajudo meus pais e meu irmão mais novo nas tarefas domesticas, no meu ramo sou professora das crianças de 8-11 anos. Amo acompanhar o desenvolvimento delas na leitura das escrituras, oração, ajudar e servir os pais, o esforço em aprender mais sobre o salvador Jesus Cristo.