mormon.org Brasil
Iran: Basquete, Administração, Tecnologia, Empreendedorismo, Estudante, Converso, Mórmon.

Oi, eu sou Iran

Sobre mim

Sou de uma família Cristã, em que tive uma ótima educação e grandes princípios ensinados. Agradeço a Deus pelos privilégio de Conhecê-Lo mais por meio do exemplo de meus pais. Gosto de esportes, joguei basquete no colegial, gosto de corrida e trilha. Gosto muito de ler bons livros, busco sempre novas informações. Tecnologia e Administração são um dos meus maiores interesses. Fiz faculdade de administração de empresas.

Por que sou mórmon?

Minha família conheceu a Igreja Mórmon quando eu tinha 4 anos de idade. Meu tio conheceu a religião e levou os missionários em nosso lar. Meus pais eram católicos. Fui batizado com 8 anos de idade (idade mínima para se realizar os batismos). Lembro que ia na Igreja todos os domingos, mas não sabia por mim mesmo que aquela Igreja era verdadeira, ou seja, ia somente porque meus pais eram membros dessa religião. Lembro que minha infância na Igreja foi muito boa, me desenvolvi muito na organização das crianças e mais tarde na dos jovens, com acampamentos, seminários e escotismo. Mas como disse antes, precisava ter o mesmo testemunho que meus pais tiveram. Lembro que tinha 14 anos e reservei um tempo sozinho para ler o Livro de Mórmon, após a leitura, ajoelhei-me no meu quarto e abri meu coração a Deus, tinha muito desejo de saber realmente, e sabia que como um filho Dele, receberia minha resposta, se sim ou não. Lembro como se fosse ontem, sentimento parecia fogo em meu coração, era uma paz muito grande e na minha mente não tinha mais dúvidas sobre a Igreja, sabia que o Livro de Mórmon era verdadeiro e que realmente Deus me amava como seu filho. Sou Mórmon porque sei de onde vim, porque estou nesta Terra e para onde eu irei após a morte. Minha vida tem propósito e posso ter certeza que se tiver uma vida digna aqui nesta Terra, poderei sim, viver com minha família ao lado de Deus. Sei que a Bíblia é a palavra de Deus. A promessa foi dada a todos os Filhos de Deus, basta orar desejando realmente receber uma resposta, e você verá como Deus te responderá sobre a Igreja Restaurada Dele aqui novamente na Terra.

Histórias Pessoais

Por que os mórmons saem em missão?

Quero muito responder essa pergunta. Saímos em missão porque desejamos que o que mudou nossas vidas, possam também mudar a vida de nossos irmãos. O trabalho missionários é um serviço de amor. E saímos em missão também, e mais importante, porque é um mandamento de Deus, ele disse que todo aquele que for advertido, deverá advertir seu próximo. O trabalho missionário tem o propósito de convidar as pessoas a se achegarem a Cristo, ajudando-as a receber o evangelho restaurado por meio da fé em Jesus Cristo, e em sua expiação, do arrependimento, do batismos, de se receber o dom Espírito Santos e de perseverar até o fim.

Como o Livro de Mórmon o aproximou mais de Deus?

Porque as histórias dos profetas e seus ensinamentos me ajudam a saber que Deus ama todos os seus filhos e dar-lhes desafios para que possam vencer e crescer espiritualmente. Ele amou ao povo da Bíblia, mas também, amou o povo das Américas. Isso me deixa mais próximo de Deus. Os ensinamentos que o Livro de Mórmon contém me traz calma e paz, e sei pelo Espírito Santos que realmente são de Deus para mim, como seu filho.

Como vivo minha fé

Antes de entrar na faculdade, ajudei com a organização de cursos preparatórios para os exames de vestibulares para nossa comunidade, em conjunto com amigos de outras religiões. Após a Faculdade, ajudei na organização de cursos preparatórios para concursos públicos, ajudando assim, mais pessoas a alcançarem a estabilidade de um serviço público. Na Igreja já tive algumas responsabilidades de ser professor na escola dominical, servir como líder do grupo de homens da Igreja. Ainda sobre os meus chamados, considero um de grande importância o meu chamado como missionário de tempo integral ao amado povo de São Paulo, em que fiz o trabalho de proselitismo por dois anos, que maravilhoso ver como o Senhor trabalha na vida de seus filhos, inclusive na minha.