mormon.org Brasil
Geraldo: testemunho, serviço, igreja, missão, evangelho, Mórmon.

Oi, eu sou Geraldo

Sobre mim

De primeira impressão acham que sou chato, mas depois que me conhecem mesmo, vêem que não sou, sou apenas reservado e na minha. Gosto de fazer amizades, mas gosto mais ainda de fortalecer as que já tenho. Sou um missionário em perspectiva. E quando olho para trás, vejo como minha vida mudou, não tinha nenhuma missão em meus planos. Sair de minha casa, de perto de minha família? Nem pensar! E hoje vejo que esse evangelho muda vidas e para melhor. Quero que outras pessoas desfrutem da felicidade que sinto, de fazer parte deste evangelho, desta obra maravilhosa.

Por que sou mórmon?

Eu não tinha o menor desejo de me batizar, fugia dos missionários algumas vezes. Conheci a igreja em setembro de 2013, e só vim me batizar em abril de 2014. Hoje penso que poderia ter aceito antes, mas sei que o Senhor prepara tudo e tudo tem um propósito. Sempre acordava nos domingos depois de 12:00 hrs p.m e as reuniões começavam às 8:00 a.m. Tinha preguiça de acordar cedo, então no sábado li o que os missionários deixaram e orei, e no outro dia, acordei cedo, sem precisar de alarme, e acordei com o desejo muito forte de ir a igreja, ainda me contive um tempo para não me batizar, mas chegou um tempo que não dava mais pra fugir. Me diziam que a data do meu batismo seria muito importante para mim e que aquele dia era muito especial. Hoje sei que era verdade, sei que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a única igreja verdadeira na face da terra,a cada dia aprendo mais e sinto mais forte na minha mente e em meu coração das verdades deste evangelho maravilhoso, anseio em ver toda minha família fazendo parte dele, já tenho minha irmã. Irei servir uma missão por saber destas coisas, deixarei por dois anos, minha faculdade, minha família, meu trabalho, meu conforto, minha noiva para me dedica ao serviço do próximo, ensinar esse evangelho a muitas pessoas, para que possam saber que realmente existe a Igreja de Cristo, a mesma que ele fundou enquanto viveu na Terra, que temos um profeta, doze apóstolo e o poder do sacerdócio.

Como vivo minha fé

Um mês depois que me batizei, fui chamado para servir na Organização dos Rapazes, como segundo conselheiro. Hoje sirvo como primeiro conselheiro ainda na mesma organização. No começo não queria servir nos rapazes, achava eles muito imaturos, e não estava errado, mas com eles, nesta organização, aprendi muita coisa, me fortaleci bastante, aumentei meu testemunho e ajudou a florescer o desejo de servir uma missão de tempo integral. Também sou missionário de ramo, gosto de fazer visitas com os missionários, pois está chegando minha vez. Todo domingo vou a igreja, tomar o sacramento, renovar os meus convênios, desde que me batizei, só faltei uma vez na igreja, e foi por motivo inadiável. Como todos sabem, fé precisa ter obras, me esforço ao máximo para ser um obreiro, fé, "f" de fazer e "e" de esperar.