mormon.org Brasil
Pedro: Missionário, Físico, Brasília, Cantor, Jogador de Vôlei, Engraçado, Mórmon.

Oi, eu sou Pedro

Sobre mim

Sou membro à 4 anos e sei, sem sombra de dúvidas, que esse tempo foi necessário para me modificar por inteiro. Graças à essa Igreja posso contemplar as bençãos que Deus tem pra mim e para milhões de pessoas. Sou estudante de Física na Universidade Federal de Pernambuco e trancarei a mesma para servir como missionário de tempo integral na Missão Brasil Brasilía. Saio dia 14 de outubro. Estou muito feliz e ansioso, pois sei que vai ser difícil deixar tudo para servir ao Senhor. Porém, tenho a certeza de que Ele me abençoara e dará o mesmo privilégio à minha família, em que só eu sou membro. Gosto de jogar vôlei, tocar violão e cantar, e estudar qualquer tipo de assunto, principalmente os relativos à Igreja.

Por que sou mórmon?

Minha vontade de ser mórmon veio quando passei a morar na frente da minha ala. Comecei frequentando porque não tinha nenhum lugar que eu pudesse ir a não ser para Igreja. Recebi os missionários e eles me falaram sobre a Igreja, a Restauração, Jesus Cristo e outras coisas. Sei, sem sombra de dúvidas, que o Espírito Santo me compeliu ao batismo. Sinto isso porque duas semanas depois, pude me batizar. É muito bom saber que o Espírito me testificou essas coisas a ponto de me converter. Sou grato por isso ter acontecido em minha vida e pelo testemunho de dois rapazes que fizeram com que eu entendesse, amasse, compreendesse e quisesse ser membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Se que o Pai Celestial tem muitas bençãos guardadas para nós e que precisamos orar a respeito de Morôni 10:4-5 para saber por nós mesmos.

Histórias Pessoais

Poderia explicar o papel que a oração desempenha em sua vida?

A oração me aproxima mais de Deus e das coisas boas que eu peço-o. Sei, com toda certeza, que a oração tem muito poder em nossas vidas, e que temos uma conversa direta com Deus. Sei que, se pedirmos ao Pai Celestial, de coração, o que queremos, eles nos dará. Também sei que a oração nos guia nos dias de hoje e nos ajuda a tomar as melhores decisões.

Como vivo minha fé

Minha ala é bem tranquila e amistosa. Os membros são bem generosos e atenciosos. Acho que, como qualquer outra ala, a minha é muito legal. Nossas reuniões são muito boas, mas, o que eu mais gosto, são das reuniões familiares e das visitas. Adoro ver como os irmãos se ajudam mutualmente, e trabalham juntos pra ajudar no crescimento de nossa ala.