mormon.org Brasil
Gabriel: universitario, programador, brasileiro, Mórmon.

Oi, eu sou Gabriel

Sobre mim

Eu sou um universitário. Sou o caçula de quatro filhos que meus pais tem. Amo programar, andar de bicicleta, jogar basquete, criar meus conceitos de arte e ver pessoas sorrindo pra si mesmas (não sou o melhor nas atividades esportivas citadas).

Por que sou mórmon?

Embora tenha sido batizado com 8 anos de idade pelo meu pai — que é um fiel e temente servo de Deus —, eu sempre me perguntei "De onde vim? Por que estou aqui? O que acontecerá quando eu morrer?". Essas perguntas pareciam nunca ter resposta até eu levá-las a alguém que não pode mentir, alguém que possui todas as respostas: meu querido Deus, meu Pai que está nos céus que nunca deixaria um de Seus filhos perdido no vazio. Foi aí que ouvi o sussurro do Espírito Santo. Eu deveria permanecer fiel à A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Enquanto lia Doutrina e Convênios, aprendi que "sinais seguem os que creem". Então, aos poucos, todas as minhas dúvidas desapareceram. Hoje, eu sei que vivia com meu Pai Celestial e decidi vir à Terra para ganhar um corpo, crescer, ser testado, ajudar meu próximo, amar e construir minha família e, assim, voltar à presença de Deus em família. Essas verdades só existem n'A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Por isto sou Mórmon.

Como vivo minha fé

No Brasil, não temos tantos lugares de adoração como nos Estados Unidos, por exemplo. Aqui, é mais difícil achar outras pessoas com as mesmas crenças que você tem como um Mórmon convicto. Aqui, a obra vai melhor se, primeiro, fortalecemos as ovelhas que já estão no rebanho do que indo atrás de novas. Como recepcionista, eu sempre tento fazer as pessoas bem-vindas. Saber os nomes de todos é uma parte importante deste chamado. Um homem mais velho de minha estaca sempre diz que faço o dia dele melhor quando o cumprimento dizendo seu nome completo (é um nome incrivelmente longo)! Eu nunca achei que poderia aprender tanto sendo o recepcionista da ala. Aprendi mais sobre meu Salvador, como Ele abre as portas do céu e preza pelo bem-estar de todos.