mormon.org Brasil
Michel Augusto Vitorino: Mórmon.

Oi, eu sou Michel Augusto Vitorino

Sobre mim

Sou um jovem de dezenove anos, já terminei o ensino médio, sou técnico em mecânica. Neste exato momento de minha vida servirei uma missão de tempo integral. Meus passatempos são de assistir filmes e séries, gosto muito de ler, praticar esportes e ter uma boa conversa. Já trabalhei um ano em uma clínica de saúde não fiquei mais por causa do meu trabalho voluntário como missionário.

Por que sou mórmon?

Sou o terceiro membro de minha família na igreja. Demorei um pouco para compreender os princípios do evangelho, fui relutante para ser batizado, mesmo eu tendo a certeza de que as mensagens dos missionários eram verdadeiras, mas eu entendia e não compreendia o real significado daquilo, e também me encontrava em um estado de vida que não combinava com os padrões que a Igreja possui, e na verdade eu queria fazer o certo mas não tinha a certeza que eu iria conseguir, e se fosse para entrar para fazer errado ou meio certo eu não queria. Porem o Senhor me tocou de uma grande forma e me concedeu a compreensão que só pode vir Dele, me tocou fortemente a mente e o espirito. Eu não podia e não queria recusar tal realização. Fui batizado e me tornei membro da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, porem o meu processo de conversão estava apenas no começo, desde então tive que errar algumas vezes para poder compreender mais alguns princípios. Hoje eu tive o privilegio de compreender que a verdadeira alegria não acaba no "amanhã", mas sim pode ser eternizada, uma alegria duradoura. E é essa alegria que quero mostrar para as pessoas.

Como vivo minha fé

Desde meu início na igreja tive um grande aprendizado, fui então convidado a trabalhar com os jovens rapazes de meu ramo. Primeiramente fui chamado como "consultor adjunto dos rapazes", fiquei algum tempo nesse chamado, mas algum tempo depois recebi outro chamado, então deixei de ser "consultor adjunto dos rapazes" e me tornei "primeiro conselheiro dos rapazes". Organizo junto dos meu líderes atividades para fortalecer a fé e o espírito das pessoas, principalmente no meu caso dos rapazes, dou aulas nos domingos para eles, não todos, mas quase sempre que a oportunidade me surge. Também trabalho ativamente na igreja, procuro constantemente estudar as escrituras e servir meu próximo.