mormon.org Brasil
Marina L. Schreinert: música, expiação, publicidade, criativa, instituto, amigos, Mórmon.

Oi, eu sou Marina L. Schreinert

Sobre mim

Eu sou muito criativa. Faço faculdade de Publicidade e Propaganda. Gosto de cantar,dançar,cozinhar, ler, escrever sobre as coisas que penso, e criar coisas. Estou indo servir uma missão em Curitiba. Gosto de ir a praia. Amo o frio, embora more em uma cidade em que faz calor. Espero aprender ainda muitas coisas, como: costurar, surfar e tocar algum instrumento musical.

Por que sou mórmon?

Eu sou membro da igreja desde os 9 anos. Sei que essa foi uma das melhores escolhas que eu poderia ter feito. Muitas pessoas podem achar que ser membro de uma igreja é algo que te limita. Mas, eu penso que isso me abre mais portas, porque eu estou livre de muitas coisas que poderiam me impedir de progredir em minha vida. É o melhor caminho para ser feliz com minha família, mesmo com todas as dificuldades. Aprendo a viver com esperança e a enxergar as coisas boas da vida. Eu sei que esta é a igreja restaurada do Salvador, Jesus Cristo. Assim como era estabelecida na antiguidade. Sei que o Pai, em seu infinito amor, mandou que Cristo expiasse por nossos pecados para que pudéssemos nos arrepender e nos tornar limpos a cada dia. O Livro de Mórmon e a Bíblia juntos, funcionam como uma bússola que nos preparam para enfrentar desafios diários. Sei que o Pai Celestial nos ama, nos ouve, atende nossas orações e está ansioso para estarmos de novo com ele em família.

Como vivo minha fé

Tudo se inicia em casa. Vivo a minha fé orando,estudando as palavras de Cristo nas escrituras, e buscando aplicar as coisas que aprendo com os meus familiares. Amo servir como professora visitante, pois tenho a oportunidade de compartilhar a mensagem do evangelho para outros filhos de Deus, que são meus irmãos também. Busco estar sempre nas atividades da igreja e fazer coisas que ajudem-me a sentir mais perto de Deus. Eu amo música e sempre que posso estou envolvida em atividades como coral ou regencia, pois a música também me aproxima do céu. Indo ao instituto, onde tenho aulas com os jovens de 18 a 30 anos, que me ensinam mais sobre Jesus Cristo e o seu evangelho restaurado na terra.