mormon.org Brasil
Pedro: converso, estudante, Mórmon.

Oi, eu sou Pedro

Sobre mim

Cresci no campo e isso fez-me gostar de apreciar as maravilhas que me rodeiam. Adoro ter tempo para fazer coisas sem pressa. Dedicar tempo para sentir as pessoas, os lugares... Gosto de explorar a natureza, nadar, caminhar, apanhar sol. Também tenho um gosto especial por artes. Sou estudante de arquitectura e isso tornou-me sensível à forma como as pessoas se exprimem através de dança, literatura, música, arquitectura, ...

Por que sou mórmon?

Tive muitas influências em minha vida. Umas levaram-me a más consequências, outras a fazer as coisas mais maravilhosas da minha vida. Nasci numa família incrível, em que muitos valores me foram ensinados. Mais tarde, quando fui para a universidade tive oportunidade de conhecer uma das pessoas mais inspiradoras na minha vida. Essa pessoa apresentou-me o evangelho restaurado de Jesus Cristo e Actualmente ainda continuo sem compreender a maior parte das coisas que o Pai Celestial e Cristo fazem por mim, mas o que sinto é mais do que claro para saber que Eles vivem, que me amam e tem o desejo sincero que um dia possa voltar a habitar com Eles.

Histórias Pessoais

Como o Livro de Mórmon o aproximou mais de Deus?

O Livro de Mórmon é um registo maravilhoso da vida e influencia de Cristo na humanidade. Várias histórias de Homens exemplares na fidelidade ao Senhor são lá relatadas e embora todas essas histórias se tenham desenrolado no passado, por vezes parecem descrever aquilo que eu estou a passar. O Livro de Mórmon é sem duvida a palavra de Deus e por meio desse livro ele demonstra que nos conhece e nos ama. Sou grato também pelo vasto conhecimento que o Livro de Mórmon me dá em relação ao plano de Deus para Seus filhos.

Como vivo minha fé

Quase que podia dividir o modo que vivo minha fé em duas grandes áreas, mas estas num deixam de estar relacionadas. Em primeiro a minha fé é vivida de um modo muito pessoal. A cada dia preciso esforçar-me individualmente, ninguém o pode fazer por mim, e demonstrar a Deus que reconheço e agradeço o privilégio de conhecer o seu evangelho. Na segunda parte, viver a minha fé passa quase exclusivamente por servir o meu próximo. É algo que nem sei bem como acontece, mas o Senhor sempre coloca no meu coração o desejo de partilhar amor e paz com os que me rodeiam. É no serviço que encontro a verdadeira alegria de viver o evangelho de Jesus Cristo, as minhas dificuldades ficam bem mais simples quando verdadeiramente me preocupo com as de meu próximo.