mormon.org Brasil
Tom Hartley: tom hartley, analista, estados unidos, inglês, estatística, namoro online, Mórmon.

Oi, eu sou Tom Hartley

Sobre mim

Na minha vida profissional, eu trabalho em um banco como analista financeiro. Isto envolve muita análise de dados, estatística, resolução de problemas e trabalho em equipe. Minha formação consiste em técnico em negócios, graduação em finanças e mestrado em Analíticas Preditivas. Na minha vida pessoal, um acontecimento interessante foi encontrar minha esposa online. Fizemos bastante bate papo pela Internet e fizemos muitas conversas de vídeo. Isso se tornou um encontro virtual ou eletrônico (se quiserem chamar assim). Nós não pudemos nos encontrar pessoalmente facilmente já que ela é do Brasil e eu dos Estados Unidos. No tempo certo, e quando eu tinha o dinheiro, eu fui ao Brasil para encontrá-la pessoalmente e sair com ela. Eu a pedi em casamento 1 semana e meia depois de nos encontrarmos pessoalmente – e ela acabou aceitando ! Então nos mudamos para os Estados Unidos depois de nos casarmos. Agora temos 3 filhos. Nós falamos Inglês e Português em casa. Como lazer, eu gosto de jardinagem (planto verduras) e de brincar com meus filhos. Eu também gosto de escrever no meu blog estórias relativas ao evangelho (http://thesmallplatesoftom.blogspot.com). Eu também me interesso por estatística e analíticas preditivas, e no uso de dados para ajudar a entender coisas e resolver problemas.

Por que sou mórmon?

Meus pais já eram membros da Igreja, então “nasci” dentro de um lar Mórmon. A Igreja ensina que todos precisam saber por si mesmos se essa é a Igreja verdadeira de Jesus Cristo. Procurei fazer isso conforme eu ia crescendo. Como jovem me lembro lendo sobre Joseph Smith e sobre como ele recebeu a visita do Pai Celestial e seu Filho Jesus Cristo. Fui tocado pela inocência de Joseph Smith e me lembro sentindo paz, ânimo e alegria lendo sobre sua experiência em suas próprias palavras. Isto ajudou a plantar a semente da fé dentro de mim para acreditar em Jesus Cristo e na Sua Igreja Restaurada. Como jovem, houve um tempo que decidi ignorar os ensinamentos da Igreja e tive uma atitude muito ruim em relação ao Evangelho. Mais tarde me senti deprimido por causa dos meus pecados e rebeldia. Por um tempo fingi ser um fiel membro da Igreja e dava a impressão de fazer coisas boas para que as pessoas não iriam perceber que eu estava numa luta espiritual interior. Entretanto, durante esse tempo de revolta e depressão, uma noite tive um sonho em que eu era assassinado. Isso me amedrontou tremendamente pois eu sabia que eu não estava preparado para encontrar Deus na minha condição de pecador. Depois de ser “assassinado” eu acordei chorando e orei ao Pai Celestial com verdadeira sinceridade pela primeira vez pedindo perdão e com desejo de mudar minha vida. No espaço de uns anos e através da graça de Deus, eu tive uma mudança no coração, me arrependi e começei a amar o evangelho de novo! Eu me senti feliz e em paz novamente. Mais tarde servi como missionário no Brasil. Enquanto servia, tive poderosas experiências que solidificaram meu conhecimento de que Jesus Cristo é o Salvador do mundo e que esta Igreja é realmente Dele. Hoje em dia eu continuo tendo experiências que fortalecem minha fé. Resumindo, posso dizer como o antigo profeta Mórmon que eu “provei e conheci a bondade de Jesus”. Por isso sou um membro da Igreja de Jesus Cristo e pretendo ficar fiel por todo a minha vida.

Histórias Pessoais

Compartilhe seus sentimentos sobre a Restauração do Evangelho ou compartilhe seu testemunho dela.

A restauração do evangelho de Jesus Cristo foi necessária porque o evangelho foi distorcido ou perdido nos anos seguintes da morte de Jesus Cristo e seus antigos apóstolos. A autoridade para pregar e administrar o evangelho tambem foi perdida. Este é o motivo porque há tantas diferentes igrejas cristãs no mundo hoje. Entretanto, pela assistência direta de Deus e pela ministração de muitos anjos, o evangelho de Jesus Cristo foi restaurado na sua pureza e simplicidade através do profeta Joseph Smith no século XIX. A autoridade de Deus, que é necessária para administrar o evangelho, foi também restaurada através do profeta Joseph Smith naquela época. A autoridade de Deus continua existindo dentro da Igreja hoje. Na verdade, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a única organização no mundo que tem a autoridade de Deus para pregar e administrar o Evangelho de Jesus Cristo. Jesus Cristo foi também um instrumento nas mãos de Deus para traduzir o Livro de Mórmon. O Livro de Mórmon é outro testamento, junto com a Bíblia, para nos convencer da divindade de Jesus Cristo e como nós podemos ser salvos. O Livro de Mórmon também ajudou a restaurar muitas verdades e doutrinas que haviam sido previamente distorcidas ou perdidas. Ele também ajuda a esclarecer muitos ensinamentos da Bíblia. Eu sou muito grato pela restauração da Igreja e do Evangelho de Jesus Cristo. Isso me dá direção e foco para minha vida, e ajuda a me preparar para viver com meu Pai Celestial novamente e ganhar a vida eterna.

O que é esperança e o que vocês esperam?

Uma de minhas escrituras favoritas no Livro de Mórmon responde essas duas perguntas. Em Morôni cápitulo 7 versículo 41, diz o seguinte: “E o que deveis esperar? Eis que vos digo que deveis ter esperança de que, por intermédio da Expiação de Cristo e do poder da sua ressurreição, sereis ressuscitados para a vida eterna; e isto por causa da vossa fé nele, de acordo com a promessa.” Eu amo essa escritura porque ensina que a esperança deve ser baseada em Jesus Cristo. Isto significa que a esperança não é algo incerto. Esperança em Cristo é na verdade uma confiança, uma certeza de que nós podemos superar a morte espiritual (o pecado) através do sacrifício expiatório de Cristo. Sobrepujar esses dois obstáculos nos permite obter vida eterna, que é o maior dom que Deus pode nos dar. Essa é minha esperança, minha confiança, que um dia vou ressuscitar e ser perdoado dos meus pecados, através de Jesus Cristo, a fim de viver com meu Pai Celestial novamente e obter a plenitude da alegria.

Como vivo minha fé

Eu me esforço para assistir as reuniões da Igreja cada semana com minha esposa e filhos. Assistir a Igreja me ajuda a me nutrir espiritualmente e também me ajuda a fortalecer a minha fé e testemunho em Jesus Cristo e seu evangelho. Nós tentamos ler as escrituras diariamente em família (a Bíblia e o Livro de Mormon) e a orar juntos todos os dias. Nós também temos uma noite familiar uma vez na semana, que inclui compartilhar uma lição espiritual e/ou ter uma atividade recreativa. Eu também gosto de leitura de escritura pessoal e faço minhas orações pessoais. Meu entendimento do evangelho cresce continuamente por causa disso. A oração e o estudo das escrituras são também uma grande fonte de paz, conforto, confiança, cura e felicidade. A Igreja também nos oferece grande oportunidades de servir aos outros e desenvolver nossos talentos. Da mesma forma, a Igreja é também um grande sistema de suporte se você está necessitado -- qualquer tipo de necessidade! Por exemplo, eu vivo minha fé ajudando o pobre e o aflito. Uma vez ao mês, a Igreja encoraja seus membros a jejuarem (ficar sem comer e beber por 24 horas) a fim de focarmos nas coisas espirituais. Então, o dinheiro que gastaríamos naquelas refeições durante aquelas 24 horas, é doado para a Igreja. Essa doação ajuda a dar comida, roupas, remédios e muito mais àqueles que passam por necessidades. É um grande programa que ajuda nossos irmãos durante tempos difíceis! Eu também vivo minha fé me esforçando por seguir os padrões do evangelho de Jesus Cristo, tais como: eu não falo palavrão, não bebo álcool ou chá preto ou café e não faço uso de drogas ou cigarro. Eu procuro assistir programas de televisão, filmes e ouvir músicas que são de bom gosto e adequados para a familía toda.