mormon.org Brasil
Mariana Carreira Oliveira: Mórmon.

Oi, eu sou Mariana Carreira Oliveira

Sobre mim

Eu faço faculdade de Pedagogia e logo estarei me formando. Amo a área educacional e quero atuar nela. Gosto muito de viajar com a minha família e conhecer novos lugares, suas culturas e aprender diferentes línguas. Amo música, e toco piano e flauta transversal. Gosto de passar o tempo com meus amigos e minha família.

Por que sou mórmon?

Por que sou mórmon? Me fiz essa pergunta algumas vezes. E hoje eu posso dizer que sou mórmon porque eu sei que o Salvador Jesus Cristo vive e me ama, que o Pai Celestial ouve e responde minhas orações. Sei que as escrituras são inspiradas, que possuem as respostas para nossas perguntas, e nos ajudam a conhecer o caminho que nos levará novamente ao lar celestial. Sei que o Pai Celestial nunca nos deixará sozinhos e que ele provê um caminho para todas as coisas. Sei que Thomas S. Monson é um profeta de Deus e que essa é igreja restaurada de Cristo, e que Ele pareceu a Joseph Smith. Assim como eu sei, todos podemos saber se perguntarmos a Deus e tivermos fé que Ele nos responderá. E sim, Ele responderá.

Histórias Pessoais

Por que os mórmons saem em missão?

Nós saimos em missão porque sabemos da bênção e felicidade que é ter o evangelho em nossa vida. Por esse motivo temos o desejo de compartilhar com todas as pessoas o evangelho de Jesus Cristo. O propósito missionário é ajudar as pessoas a se achegarem a Cristo. Estou me preparando para servir como missionária da igreja e o que me fez começar a pensar sobre essa decisão, foi o desejo de que outras pessoas sentissem o que eu sinto por ser membro da igreja de Cristo.

Como vivo minha fé

Na igreja eu trabalho com os jovens. Ajudo na organização de atividades para as moças de 12 a 17 anos, e algumas delas são realizadas junto com os rapazes da mesma faixa etária. Eles são muito especiais e eu amo poder estar sempre com eles. Também ajudo as irmãs que trabalham com as crianças sempre que necessário, principalmente quando tem coral e sempre pedem para eu cantar junto com elas. Junto com a minha mãe visitamos 4 irmãs de nossa ala que são muito especiais. Amo servir na igreja e poder ajudar as pessoas.