mormon.org Brasil
Emanuel Airam: interessante, evangelico, conhecimento, animado, amigo, pesquisador, Mórmon.

Oi, eu sou Emanuel Airam

Sobre mim

Sou Gerente de TI na Preservtec-Ltda. Tenho um bom humor elevado e gosto de crianças. Eu e minha esposa tivemos um casal de filhos, mas o rapaz faleceu, somos felizes por termos a caçula. Já servi na infantaria (exército). Tanto eu quanto minha esposa já servimos como missionários da Igreja. Incentivamos todos a fazerem o mesmo! Atualmente sirvo como professor da escola dominical na Igreja.

Por que sou mórmon?

Orei pedindo orientação a Deus o Pai sobre tudo o que dois missinários estavam pregando pra mim. A resposta foi tão evidente e clara na minha mente e no meu coração, que não me contive e me batizei na Igreja de Cristo, apelidada de "os mórmons".

Histórias Pessoais

Compartilhe seus sentimentos/seu testemunho sobre Joseph Smith.

É comum algumas pessoas me perguntarem sobre Joseph ou sobre a o valor que damos a ele como profeta e restaurador da Igreja. O que sempre me vem a mente é: - 1º Nós não adoramos Joseph Smith. Claro, sou muito grato a ele por tudo que fez e por tudo que suportou, mas assim como a israel antiga tinha Moises como um profeta especial, assim também tenho Joseph como tal! 2º Nós não temos Joseph como alguém maior que Jesus Cristo. Deus é Deus, Cristo é Cristo, Espírito Santo é Espírito Santo e profeta é profeta! Cada um (dos profetas) com suas responsabilidades e importâncias para o plano de Deus, agora, dizer que Joseph é maior que Jesus Cristo é fantasia de quem não conhece a Igreja! - Sou feliz por ter ensinamentos e exemplos de vida de Joseph Smith. Se de alguma forma eu um dia chegar a presença de Deus (e estou lutando pra isso), com certeza tem muita coisa nisso dos profetas, incluindo Joseph! Gratidão é a palavra chave! Não adoração!

Como vivo minha fé

Faço reunião familiar toda 2ª feira e debatemos temas do evangelho e proposmos soluções para problemas relacionados a minha família imediata e aos nossos familiares. Vou a igreja todo domingo! Isso é importante para manter a "chama" da fé brilhante. Faço parte de um grupo de 12 homens que dão suporte as unidades da igreja na região onde vivo, chamado de Sumo-conselho. Esse conselho se reune de 15 em 15 dias para resolver problemas e propor melhorias nas unidades da Igreja. faz tempo que servi como missionário oficial da Igreja, mas o desejo de pregar ainda é forte em mim. Não consigo deixar de falar do evangelho para as pessoas que me rodeam. Claro, quando há condições pra isso. Não gosto de ser chato e insistente. Vivo o evangelho no trabalho, na família, na sociedade e na Igreja. Não estou lá por glória pessoal. Não estou lá para ter uma atividade no dia de domingo. Não estou lá porque não tenho mais o que fazer. Estou lá por testemunho pessoal e confirmação espiritual de que esse é o cominho!