mormon.org Brasil
Eri Johnson: serviço, alegre, dedicado, Mórmon.

Oi, eu sou Eri Johnson

Sobre mim

Sou divertido, alegre. Adoro jogar futebol. Gosto da minha profissão na área administrativa, na qual posso desenvolver trabalhos eficazes para o sucesso da equipe. Pretendo fazer curso de Engenharia de Produção na faculdade.

Por que sou mórmon?

Ser mórmon não foi uma decisão repentina, porém, através de mensagens que os missionários da Igreja levaram consigo para mim, me ajudaram e despertaram o desejo e curiosidade de aprender mais e saber se suas mensagens eram verdadeiras. Posso dizer que foi a decisão mais importante da minha vida. Fazer uma oração com real intenção, tendo fé que nosso Pai Celestial poderia me responder foi uma experiência única vivida em minha vida. Nós vivemos O Evangelho de Jesus Cristo, evangelho simples, que nos concede uma alegria e paz incomparável. Sigo firme até hoje porque aprendo princípios que me ajudam a crescer espiritualmente e materialmente, ou seja, posso me tornar um rapaz melhor no lar, na escola, no trabalho, na comunidade etc. Tenho a honra de através do Evangelho aprender sobre a vida de nosso Salvador e Redento Jesus Cristo, e o mais importante, pôr em prática na minha vida.

Histórias Pessoais

Como seu conhecimento do Plano de Felicidade mudou/beneficiou sua vida?

o Plano de Salvação é perfeito. Lembro-me de quando recebi a mensagens dos missionários sobre o plano de salvação fiquei maravilhado e confesso que confuso, pois a partir daquele momento tudo tornou-se novidade em minha vida, entretanto, senti-me feliz ao ouvir aquelas palavras. Saber de onde venho, porquê estou aqui na terra e para onde vou, foram perguntas que jamais passaram pela minha cabeça e até então não sabia de fato as respostas delas. Ao logo dos meus estudos pessoas e através das aulas na Igreja pude aprender mais sobre o Plano. Saber que antes de está aqui, pude está presente com Deus, pude fazer uma escolha certa, e consequentemente ganhar um corpo, vir a terra, progredir, constituir minha própria família para que juntos pudéssemos voltar a presença de Deus e viver eternamente com Ele foi algo maravilhoso, algo que me dar forças para seguir a cada dia.

Como vivo minha fé

É algo que preciso sempre praticar, ou seja, diariamente. Tive o privilégio de liderar a organização dos rapazes( de 12 a 17 anos) na Ala(Igreja) em que pertenço, onde através de minhas experiências, estudos pude ensina-los princípios importantes para suas vidas. Gosto também de ser um mestre familiar, no qual temos como objetivo levar a mensagem do Salvador Jesus Cristo para as famílias, ajuda-las com suas necessidades e mostra-las que queremos seu melhor. Enfim, servir as pessoas é uma grande demonstração e pratica da Fé, pois além de ajudar as pessoas, somos felizes e abençoados por saber que fazemos algo de bom para a comunidade que vivemos.