mormon.org Brasil
Paula: Sou Mormon, Viver os padrões, amigos SUD´s, Mórmon.

Oi, eu sou Paula

Sobre mim

Tenho como meta fundar um Ramo de a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias na cidade onde moro Boa Esperança MG, sei o quanto será difícil porém não irei desanimar. Quando nos tornamos membros da Igreja assumimos o compromisso de levar este evangelho em todos os lugares, este evangelho é para todos os povos, para todas as línguas e não escolhe classe social, devemos ser dignos, honestos e caridosos, nos tornamos missionários pra toda vida e devemos fazer isso de bom grado e de todo coração.

Por que sou mórmon?

Todos os dias ao retornar do trabalho eu passava com minha filha em frente a uma Capela, eu ja conhecia os mórmons mas exitei em ser batizada, minha filha já estava na escolinha mas ainda não sabia ler e então ela sempre me pedia para ler a placa...Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, reuniões aos domingos as 09:00hs Visitantes são bem vindos...até que um dia ela me perguntou o que eram visitantes, eu respondi que eram pessoas que ainda não eram membros, então ela afirmou, ÓTIMO ENTÃO PODEMOS VIR, E foi ai que comecei a ir para as reuniões de domingo. Após receber as visitas de Elder Lloyd e Elder Beron, , resolvi aceitar o desafio proposto no Livro de Mórmon, orei ao Senhor e minhas orações foram atendidas. Naquela mesma semana, não estava com muita vontade de trabalhar ou mesmo sair de casa, tudo o que eu queria era poder ficar longe de tudo, eu sentia que algo mudara dentro de mim algo que eu não era capaz de explicar. Na manha de domingo acordei com minha filha me chamando ansiosa para ir a Igreja, ela estava impossível de deter. enfim me arrumei e fui com ela para a Capela, era dia de testemunho e ao ver todas aquelas pessoas felizes ao prestar seus testemunhos algo crescia dentro de mim, e parecia que meu peito iria explodir, quando em um impulso subi ao Púpito e me vi de frente a todas aquelas pessoas, abri minha boca e o Espirito falou por mim, e ao olhar ao meu redor vi que todos choravam... tenho um testemunho muito forte e amo minha Fé,

Histórias Pessoais

O que o ajudou a ter mais harmonia em seu lar?

Eu sempre fui uma pessoa estressada, não tinha paciência com nada, muitas vezes nem mesmo com minha filha, eu começava o dia mal humorada e quando algo dava errado eu sempre culpava alguém, ter que trabalhar, dona de casa, pareciam pesar sobre mim, as dificuldades eram muitas e as soluções pareciam não existir, sempre que me via diante de alguma dificuldade eu ficava desesperada. Mas ao conhecer o evangelho, e passar a entender sobre as promessas do Senhor para minha vida tudo mudou, eu mudei, me tornei uma pessoa melhor, me tornei uma mãe melhor, e hoje vejo meu lar de uma maneira diferente, não reclamo das minhas responsabilidades e estou feliz por tê-las, e hoje posso dizer que estamos neste mundo para aprender, devemos crescer espiritualmente e sermos pessoas melhores para que possamos voltar a presença do Pai Celestial, e aprendi isso através do estudo das escrituras...

Compartilhe seus sentimentos/seu testemunho sobre Joseph Smith.

Eu não sei se teria a mesma coragem que Joseph Smith teve, viver tudo o que ele viveu, sofrer tudo o que ele sofreu e não desistir... me deixa sem palavras. Joseph Smith foi fiel a sua fé, ele enfrentou a tudo e a todos, e nos deu o Evangelho Restaurado, ele fez isso por ele e por nós, nos deixou um legado de amor e aprendizado, sou muito grata por tudo, sou grata ao Senhor por tê-lo escolhido, e por hoje termos a Igreja Verdadeira nos dias de hoje...

Qual dos ensinamentos do Salvador já influenciou você em sua vida?

JESUS CRISTO, sempre serviu de exemplo pra todos nós, sua vida foi regrada de sofrimentos e bênçãos, e Ele nunca reclamou, mas pediu ao Pai pra que sempre fosse feita a sua vontade. Diante do que vivo hoje procuro seguir seu exemplo, ser uma pessoa melhor, ser persistente, e ter fé acima de tudo. Ser paciente, ser persistente, e ter fé em todos os momentos!!!

Como vivo minha fé

Desde que me tornei Mórmon minha vida mudou para melhor, minhas atitudes, minha maneira de interagir com outras pessoas e mesmo com minha família, tem me ajudado muito na educação da minha filha. tive o privilégio de ser Consultora das Abelhinhas, e ter este contato com as meninas foi muito gratificante, poder conhecê-las melhor e ajudá-las em sua dificuldades foi maravilhoso, onde moro atualmente não possui Capela e nem por isso minha filha e eu deixamos de viver o evangelho, ler as escrituras, noites familiares tornaram-se rotina em nosso lar, e perceber que somos notadas com admiração pelas nossas diferenças é muito gratificante, ser uma SUD e ser um exemplo, e nada melhor do que se destacar por suas atitudes, e expressões.