mormon.org Brasil
Ricardo Albuquerque: curitiba, são paulo, missionário, basquete, família, felicidade, Mórmon.

Oi, eu sou Ricardo Albuquerque

Sobre mim

Sou curioso e por isto tenho muitas perguntas que vão sendo respondidas com o tempo e alguns dos meios dos quais mais recebo as respostas são as escrituras e outras pessoas. Sou um amador de astronomia e estou planejando entrar em um curso superior em Astronomia e estudar algumas das criações de Deus, o vasto Universo. Adoro fazer atividades com a minha família, fora e dentro de casa, eles são tudo o que tenho e que terei eternamente. Me chame para jogar uma partida de basquete e estarei lá.

Por que sou mórmon?

História da minha filiação a A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias: Tinha 13 anos e morava com minha mãe, irmão e avó em São Bernardo do Campo. Sempre gostei muito de Basquete e certa vez numa tarde de quarta feira estava jogando em uma quadra municipal quando um rapaz me convidou para jogar com alguns americanos. Opa, deve ser legal jogar basquete com os americanos, meus maiores exemplos no basquete eram os jogadores americanos Magic Johnson, Michael Jordan e Larry Bird. Bom, o convite era para voltar a aquela mesma quadra dali a uma semana, na próxima quarta pela manhã e lá estava eu. Os americanos se apresentaram e nós jogamos. Me convidaram para jogar na próxima semana e estava lá mas no final da partida eles me convidaram a ouvir o que eles tinham e aceitei. Eles foram até a minha casa e então entendi que eles eram missionários e fui entendendo várias coisas que eles me ensinavam. Enfim, os Missionários me convidaram para o Batismo e aceitei após saber por mim mesmo que queria me tornar membro. Naquela idade (13) ainda não tinha muita idéia sobre qualquer coisa mas sei da Bondade de Deus em me fazer conhecer o Evangelho na minha juventude. Foi a vontade do Senhor que isto ocorresse naquela época . Hoje eu tenho 27 anos e continuo membro da Igreja por que eu sei que todos os ensinamentos e doutrinas são inspirados por Deus e Seu Filho que deu a vida por nós, o nosso Salvador Jesus Cristo. Não há segredos, a verdade está sendo pregada abertamente pelos missionários e membros. Sou mórmon e isto me faz arder o peito de felicidade.

Como vivo minha fé

Atualmente estou servindo na igreja como Líder de Missão da Ala. Neste trabalho eu coordeno o trabalho missionário dos Membros e Missionários de Tempo Integral. O trabalho missionário é o trabalho de ensino do evangelho restaurado, trabalho de amor pelo nosso próximo, seja de onde for, quem for... não importa, é o trabalho de trazer mais felicidade e propósito a vida das pessoas.