mormon.org Brasil
Lucas Guerreiro: lucas guerreiro, escritor, ctm, advogado, direito, estudante, Mórmon.

Oi, eu sou Lucas Guerreiro

Sobre mim

Nasci de bons pais, que tiveram 6 filhos. Eu sou o mais velho. Meus pais entraram para Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias quando eram jovens. Eles tiveram a oportunidade de servirem como missionários e de se casarem para o tempo e toda eternidade no Templo de São Paulo. Isso é muito importante, porque significa que nossa família pode ser eterna - e nem mesmo a morte pode destruir nossa união. Apesar de ter "nascido na Igreja" precisei desenvolver meu próprio testemunho - o que significa que tive que ler e orar para saber se a crença de meus pais era mesmo verdadeira. Isso aconteceu quando eu estava no Ensino Médio, embora eu não saiba precisar uma data exata. Algumas teorias que ouvi na escola, provações pessoais e o aprendizado na Igreja fizeram-me refletir sobre de onde eu viera, porque estava na Terra e para onde iria quando morresse. Essas questões profundas só puderam ser respondias pelo Evangelho de Jesus Cristo. Ademais, o Espírito Santo deu-me um sentimento bom e uma clareza na mente a respeito dessas coisas - de modo que recebi uma confirmação de sua veracidade. Servi como missionário por dois anos. Foi maravilhoso. Aprendi a direcionar minhas forças para as coisas boas da existência. Trabalhei no Centro de Treinamento Missionário. Atualmente sou advogados, e faço parte de uma Comissão na OAB que luta pela liberdade religiosa e sou Diretor na J. Reuben Clark Law Society.

Por que sou mórmon?

Sou membro da Igreja porque meus pais se converteram quando eram jovens (antes que eu nascesse). Cresci na Igreja. Entretanto, precisei desenvolver meu próprio testemunho - ou seja, precisei adquirir, por mim mesmo, uma certeza que a Igreja era verdadeira, que as doutrinas e princípios fariam bem e que provinham de Jesus Cristo. Apesar da vida não ser fácil, o evangelho (que o Plano de Salvação de Deus) ajuda-nos a ter esperança, achar respostas para perguntas profundas e ser mais feliz. Sou uma pessoa melhor graças ao evangelho de Jesus Cristo. Por causa do evangelho procuro desenvolver meus talentos e me esforçar nos estudos. Minha família é melhor graças ao evangelho também. Nós oramos juntos. Lemos as escrituras juntos. Vamos a Igreja juntos. Temos dificuldades, claro - como todo mundo. Mas somos muito felizes, porque compreendemos quem somos e o que Deus espera de nós. Recebemos dons especiais - como o de poder servir a outras pessoas. Não sei o que seria de mim, e nem como seria minha família sem o evangelho. Sou grato a Deus por dar-me tantas bênçãos!

Como vivo minha fé

Na Igreja todos são convidados a participar. Esse convite normalmente chega com uma chamado feito por um dos líderes da unidade que se frequenta. O líder ora e pondera para saber qual chamado fará a seus liderados. O Senhor então mostra ao líder especificamente qual chamado deve conceder. No meu caso, fui chamado por Deus, através do bispo, para servir como secretário executivo da ala. É um cargo importante, porque cuido da agenda dos bispado. Antes de receber essa cargo servia como professor da escola Dominical, ensinado os irmãos sobre a Bíblia e outras escrituras. Também sirvo como mestre-familiar - visitando mensalmente algumas famílias da região em que moro. Como sou um jovem adulto solteiro participo do Instituto - que é um lugar fantástico para se aprender as doutrinas da Igreja e fazer bons amigos. Atualmente eu sou o Presidente do Conselho Estudantil, e sempre estamos fazendo bailes, gincanas e outras atividades na Sede do Instituto. Todos os jovens de 18-30 anos são convidados.