mormon.org Brasil
Elô: estudante, mãe, comunidade, felicidade, verdade, fé, Mórmon.

Oi, eu sou Elô

Sobre mim

Sou uma brasileira que ama seu país. Amo a alegria contagiante que esse povo tem! Procuro ser uma boa cidadã e mudar as coisas que não concordo começando por mim mesma. Tenho paixão pela educação e acredito ser uma das principais armas para mudar os grandes males do mundo, por isso estudo História e tenho treinado minha didática e paciência com meu aluno número um, meu filhinho!

Por que sou mórmon?

Sou mórmon porque não suportaria frequentar uma igreja só pelo fato de "me fazer bem", "ser legal" ou até mesmo porque "meus pais escolheram pra mim", mas porque sei que Deus não é um Deus de confusão e preparou um caminho específico para Seus filhos, com meios de que eles sejam aperfeiçoados para tornarem-se como Ele e maneiras de demonstrarem seu compromisso para com o que é certo. Sou mórmon porque aqui encontro a verdade em sua plenitude e uma esperança de ter minha família, tal qual é agora, comigo para sempre.

Histórias Pessoais

O que vocês estão fazendo para ajudar a fortalecer sua família e torná-la bem-sucedida?

Há alguns anos o profeta e os apóstolos fizeram uma proclamação ao mundo chamada "A família", nela são expostos alguns princípios que, se seguidos, trazem felicidade à vida familiar. Pessoalmente tenho procurado segui-los. Nos esforçamos por orarmos juntos, todas as manhãs, antes das refeições e à noite, e sentimos que isso nos une e nos faz confiar Naquele que pode todas as coisas. Também procuramos demonstrar amor uns aos outros sendo compreensivos em momentos de dificuldade e tendo paciência com as imperfeições uns dos outros. É claro que em tese isso é fácil, mas a fé ajuda a termos paciência com nossas próprias imperfeições e ter esperança de se arrepender e mudar. Quando a família é compreensiva e há amor no lar, isso fica imensamente mais fácil.

Por que os mórmons saem em missão?

Porque amam tanto o que vivem que desejam compartilhar esse desejo com as outras pessoas, ainda que não os recebam em casa, os ignorem nas ruas e muitas vezes sejam ridicularizados em público. Sempre quis servir em uma missão pela gratidão que sinto em conhecer e viver o evangelho e pela oportunidade que outros sejam tão felizes e realizados como eu sou com minha família.

Como vivo minha fé

Procuro viver o que acredito diariamente tendo um bom relacionamento com meus vizinhos e família. Também amo ajudar na Igreja, onde atualmente ensino as crianças através da música. É maravilhoso vê-las aprender princípios básicos como o amor ao próximo ou à natureza tendo um instrumento tão poderoso como a música.