mormon.org Brasil
Josenildo Cândido: Mórmon.

Oi, eu sou Josenildo Cândido

Sobre mim

Gosto de ouvir música, ler, passear. Mas o que mais gosto de fazer, após todas as outras coisas, é estar próximo dos meus amigos; me esforço para prolongar esses momentos. Acho que a vida se torna mais fácil quando você se cerca de pessoas que partilham da mesma Esperança, que querem o seu bem. Amo estar com meus amigos.

Por que sou mórmon?

Antes de conhecer o Evangelho, minha vida não estava muito bem. Vivia insatisfeito com o trabalho, não tinha amigos e não me divertia, pois não haviam estímulos para isto. Foi então que o Senhor me chamou para estar com Ele. Lembro-me de sentir enorme desejo de saber mais sobre o Evangelho. Descobri que uma de minhas colegas de trabalho é membro da Igreja; tão logo soube do meu desejo, convidou-me para visitar a Igreja num domingo - mas antes, deu-me um exemplar de O Livro de Mórmon e Princípios do Evangelho. Ao ler, fiquei encantado com tudo o que o Evangelho é capaz de proporcionar e decidi que queria saber mais. Conheci os missionários que serviam na minha unidade. Batizei-me. Desde então, venho edificando minha Fé em Cristo, depositando minha Esperança nEle. Creio que o que eu realmente precisava era de Esperança.

Histórias Pessoais

O que é esperança e o que vocês esperam?

Para mim, a Esperança está acima de qualquer outro sentimento. Ajuda-me a ser paciente, e em momentos de tribulações, me dá convicção de que são momentâneas. Deposito minha Esperança em Jesus Cristo. Creio nEle e nEle espero; espero dias melhores, momentos felizes, conforto, compreensão de tudo o que ocorre neste mundo. Deposito Esperança em Sião. Sei que segundo minha fidelidade posso habitar com o Pai Celestial. O Apóstolo Pedro ensinou: "(...)estai sempre preparados para responder com mansidão e temo a qualquer que vos pedir a razão da Esperança que há em vós..."(1Pedro 3:15)

Como vivo minha fé

Sempre gostei de servir; por isso, o que mais me cativa são as oportunidades que tenho de prestar serviço significativo. Atualmente, sirvo como líder dos jovens e auxilio meu bispo no exercício de suas funções. Também ajudo os irmãos a construírem suas próprias árvores genealógicas - em particular, esta ação é muito prazerosa, porquanto temos a oportunidade de conhecer histórias emocionantes acerca de nossos parentes/antepassados.