mormon.org Brasil
Hugo Sant'anna: homem de família, converso, falecimento, felicidade, fé, pioneiro, Mórmon.

Oi, eu sou Hugo Sant'anna

Sobre mim

Sou uma pessoa bem humorada e criativa, meus amigos me chamam de maluco as vezes. Eu gosto de ler, leio bastantes livros, revistas e jornais, gosto de saber o que esta acontecendo no mundo. Gosto de escutar músicas variadas e de tecnologia, sou um pouco leigo em algumas coisas, mas adoro tecnologia. Eu me interesso por história, filmes e desenhos. Sou casado a 5 meses, pretendo ser pai no início do ano que vem, vou fazer faculdade de gestão comercial.

Por que sou mórmon?

Me batizei quando tinha 15 anos de idade, parte de meus familiares foi contra, mais eu sabia por mim mesmo que Deus tinha chamado um profeta e que as janelas do céu tinha sido abertas novamente, eu soube por mim mesmo que o Livro de Mórmon continha as palavras de Cristo da mesma forma que a Bíblia. Esse conhceimento eu obtive depois que eu estudei, ponderei e perguntei a Deus diversas e diversas vezes, e depois que Deus me respondeu, nenhum homem pode tirar essa resposta de mim. Minha minha mãe faleceu de câncer após eu ter completado um ano de batismo, ela era a única pessoa que me apoiava na minha fé. Foi um dos momentos mais difícieis para mim, mas fui confortado pelo Espírito do Senhor, e eu sabia que veria ela novamente, por que eu sabia que as familias são eternas no plano do Senhor, e eu ia lutar para que a minha também fosse. Com 20 anos, eu precisava fazer uma cirurgia delicada e muita custosa, que estava além de minhas condições. O Presidente Thomas S. Monson tinha dito naquela época que o Senhor estava precisando de missionários em sua obra e que todos os que tivessem o desejo de ir, mas que por algum problema de saúde não poderiam, que orassem ao Senhor pois Ele ira lhes ajudar. Naquele mesmo dia eu orei, e dois dias depois recebi um telefonema do meu medico informando que tinha conseguido vaga para fazer a cirurgia naquele mesmo dia a noite gratuitamente. Fui para missão 5 meses depois que recebi alta. No dia em que voltei da missão, eu casei no Templo do Senhor para o tempo e toda a eternidade. Algumas pessoas me criticaram por me casar sendo tão novo e por ter casado tão rápido, e ainda mais por querer ter filhos um ano depois de me casar. Mas seio valor que a família tem, e Sei em quem confiei, O Senhor tem me abençoado todos esses dias, Ele tem respondido as minhas orações, eu O amo por tudo o que Ele tem feito por mim, e eu acredito que o puro amor lança fora todo o medo.

Histórias Pessoais

Como o Espírito Santo lhe ajudou?

Quando eu queria saber a verdade sobre O Livro de Mórmon, li que o Espirito Santo revelava a verdade sobre todas as coisas. Orei ao Senhor para que ele me enviasse Seus Espírito para que Ele respondesse minhas dúvidas. E Ele respondeu, e tem respondido dia após dia, quanto mais eu vivo o Evangelho e busco ao orientação do Senhor, ele me revela através do Espírito Santo. Não é uma responta que treme o chão ou arrebenta o telhado da minha casa, mas é uma voz mansa e delicada que vem ao meu coração e a minha mete e me traz paz, assim eu sei quando uma coisa é verdadeira ou não. Quando minha mãe faleceu, eu implorei para que o Senhor me ajudasse naquele momento difícil, e o Espirito me consolou, me confortou com as verdades que eu sabia. As famílias são eternas, eu não tinha perdido minha mãe, eu a veria novamente.

Como vivo minha fé

Fui missionário da Igreja por dois anos em dois estados do Brasil, Alagoas e Sergipe. Retornei faz 5 meses. Sou líder dos homens da minha ala, dou aula para eles e ajudo na liderança dos rapazes também. Visito algumas famílias ajudando-as a estarem mais unidas e cumprirem com suas responsabilidades familiares. Participo de projetos de serviço variados. Na minha comunidade eu e meus amigos limpamos e pintamos um asilo próximo, também já limpamos e pintamos uma escola, fizemos um projeto de limpeza na praia de Copacabana e foi muito legal.