mormon.org Brasil

Oi, eu sou Marco

  • Marco Petrollini
  • Marco Petrollini
  • Marco Petrollini
  • Marco Petrollini
  • Marco Petrollini
  • Marco Petrollini
  • Marco Petrollini
  • Marco Petrollini

Sobre mim

A vida é uma experiência extraordinária quando conseguimos aproveitá-la ao máximo! Fui abençoado com uma esposa maravilhosa. Tenho quatro filhos. Adoro passar tempo com minha família. Estudei arquitetura em Roma e trabalho como gerente de projetos de construção. Adoro fazer coisas que me mantenham ocupado e me ensinem muito. Sou apicultor. Adoro cuidar da minha horta e comer suas verduras e legumes! Amo a natureza. Na realidade, minha casa fica no meio de um bosque. Gosto de esportes, principalmente de futebol e basquete, e amo uma boa comida italiana!

Por que sou mórmon?

Fui batizado na Igreja quando tinha 19 anos, depois de conhecê-la há mais de 15. Minha mãe ensinou meus irmãos, minha irmã e a mim os princípios do evangelho restaurado desde quando nascemos. Todos nós recebemos um testemunho forte de sua veracidade ainda quando éramos pequenos. Mesmo tendo de passar por muitas provações antes do dia da minha conversão, hoje sou grato por toda a adversidade que ajudou a aumentar minha fé no Senhor Jesus Cristo e meu conhecimento de Sua Igreja restaurada. Quando decidi colocar Deus no centro da minha vida, pude ver como Ele nos abençoa em todos os aspectos de uma forma maravilhosa. Por ter nascido católico na Itália, eu já sabia que a Bíblia era a palavra de Deus. Sou mórmon porque sei que o Livro de Mórmon também é a palavra de Deus e que Joseph Smith foi um verdadeiro profeta de Deus chamado há quase 200 anos para restaurar a Igreja que o próprio Jesus Cristo estabeleceu quando esteve na Terra.

Como vivo minha fé

Vivo minha religião ao procurar dar o melhor de mim mesmo para colocar em prática os princípios do evangelho em todos os momentos. Amar a Deus significa obedecer às Suas leis. Jesus ensinou uma lei simples: amem uns aos outros. Procuro demonstrar meu amor a Deus amando as pessoas que me cercam. O evangelho é simples: sorrir, ajudar os necessitados, consolar os aflitos, ouvir aqueles que não são ouvidos e visitar os que se encontram sozinhos. Também procuro estar sempre em espírito de oração para conseguir reconhecer e seguir os sussurros do Espírito Santo. Essas são algumas das pequenas coisas que fazem uma grande diferença em minha vida.