mormon.org Brasil

Oi, eu sou Henriette

  • Henriette Lersch
  • Henriette Lersch
  • Henriette Lersch
  • Henriette Lersch
  • Henriette Lersch
  • Henriette Lersch
  • Henriette Lersch
  • Henriette Lersch

Sobre mim

Nasci na Alemanha e fui criada em Viena, Áustria. Meus pais são muito ligados à arte e à música, por isso comecei a aprender como fabricar violinos e gostei disso bem cedo, aos 20 anos de idade. A fabricação de violinos me levou à Itália, à Alemanha, à Holanda e à Cidade de Nova York. Tenho dois sobrinhos muito engraçados, uma sobrinha charmosa e gosto de melhorar minha reputação de ser uma tia e tanto… Gosto de ouvir concertos, sair para caminhar, andar de bicicleta em Viena, passar tempo com meus familiares e amigos, ir aos cafés de Viena, descansar ou filosofar durante horas.

Por que sou mórmon?

Nasci de pais que, quando foram batizados, ficaram impressionados com o fato de os membros realmente tentarem viver à altura de suas crenças. E meus pais fazem o mesmo. O evangelho teve um papel importante em nossa vida familiar, era uma realidade e nos dava muita força. Quando meu pai me perguntou antes do meu oitavo aniversário se eu queria ser batizado, fiquei surpreso. Sempre senti que era algo bom ser batizado, sentia a influência do Pai Celestial e como o evangelho funcionava em minha vida. Então, é claro que eu queria ser batizado. Depois dos primeiros anos de minha adolescência, depois de muito aprendizado e muitas experiências espirituais, seguiu-se um período crítico e, de certa forma, cético em minha vida – eu tinha 20 anos quando decidi que a vida que eu queria era uma vida dentro do evangelho. Acredito na Expiação de Jesus Cristo. O evangelho me ajuda a me concentrar e centralizar minha atenção nas coisas importantes da vida.

Como vivo minha fé

Trabalho na organização de crianças em minha ala. Com a ajuda de outros membros, organizamos as reuniões dominicais para as crianças. Tentamos criar um ambiente no qual as crianças possam aprender a respeito de seu relacionamento para com Deus e o relacionamento de Deus para com eles. As crianças assumem pequenas tarefas que os ajudam a crescer em suas habilidades e sua autoestima. Tento ajudar as crianças a sentir que o Pai Celestial e Jesus Cristo vivem e existem, e que estão interessados neles e Os amam. Na minha oficina, organizo concertos e exposições. Os vizinhos e amigos têm a oportunidade de compartilhar e desfrutar de seus talentos em um espaço amigável e com entrada gratuita. Espero acrescentar alguma cor e alma à vizinhança, assim como uma oportunidade para que as pessoas que moram em minha região se conheçam.