mormon.org Brasil

Oi, eu sou Helmut

  • Helmut Wondra
  • Helmut Wondra
  • Helmut Wondra
  • Helmut Wondra
  • Helmut Wondra
  • Helmut Wondra
  • Helmut Wondra
  • Helmut Wondra

Sobre mim

Crescer em Viena e ter um pai que trabalhava no teatro fizeram com que eu fosse exposto à cultura e à arte desde criança. Sempre fui interessado em literatura e teatro, belas artes e boa música de todo tipo. Adoro viajar e meu trabalho é uma grande combinação de música e viagens já que eu agendo concertos para turnês na Áustria e países vizinhos. Para mim, é uma grande satisfação ajudar a criar experiências significativas para as outras pessoas. Quando tenho algum tempo livre, gosto de correr e fazer trilha – amo a natureza e boa comida. Para mim, não há nada melhor do que passar um tempo com bons amigos e a família em uma cafeteria vienense. A parte mais importante de minha vida é minha família. Minha maravilhosa esposa tem sido minha melhor amiga desde nossa adolescência, antes de se tornar minha namorada. Sempre quisemos ter filhos, mas por algum tempo parecia que esse sonho não ia se realizar. É por isso que nos sentimos tão abençoados por ter dois filhos maravilhosos que trazem muita ação e alegria a nossa vida.

Por que sou mórmon?

Cresci em uma família de grande fé. Minha mãe nasceu mórmon e meu pai filiou-se à igreja quando era um jovem estudante de ciência filosófica e teatral. Nossa religião sempre teve um papel de destaque em nossa família e aprendi muito com o exemplo de meus pais. Sempre senti a influência de nosso Pai Celestial em minha vida e sempre acreditei Nele e em Seu Filho Jesus Cristo. Claro que também tive um período de ceticismo e dúvidas, quando adolescente, mas ao estudar as escrituras sagradas e orar regularmente, minha fé aumentou e decidi servir missão para ajudar outras pessoas a desenvolver um relacionamento pessoal com Deus. As experiências especiais que tive durante esses dois anos fortaleceram minha crença no evangelho de Jesus Cristo, e também meu respeito e apreço por pessoas de outras convicções. Acho que algumas perguntas nunca serão respondidas, mas sei que há um Deus que é nosso amoroso Pai Eterno e que Jesus Cristo é nosso Redentor. Essa certeza espiritual e as experiências que tenho com frequência são fontes de grande alegria, força e consolo para mim em tempos difíceis.

Como vivo minha fé

Vivo minha religião tentando seguir os ensinamentos de Jesus – especialmente Seu mandamento de amar nossos semelhantes como Ele nos ama. Minha religião me ensina que todas as pessoas são filhas e filhos preciosos de Deus, independente de raça, crenças ou outras convicções e assim, tento tratar a todos com respeito e compreensão. Nos dias atuais, Deus ainda fala com profetas que lideram a Igreja e faço o todo o possível para seguir seus conselhos. Oro e leio as escrituras sagradas com frequência porque isso me ajuda a manter o foco no que é realmente importante na vida e a ficar em sintonia comigo mesmo e com o Pai Celestial. Sou muito grato por compartilhar essas crenças com minha esposa, Júlia. Juntos procuramos educar nossos filhos de uma maneira que seja fácil para eles acreditar em Deus e sentir Sua influência. Acreditamos que Jesus não somente nos redimiu individualmente, mas nos proporcionou um modo de termos nossa família unida para sempre. Essa crença é muito valiosa para nós e influencia profundamente nosso casamento e nossa vida familiar. Atualmente sirvo como bispo em minha ala e faço o melhor que posso para liderar a congregação do modo que Deus deseja que eu faça. Às vezes, é um desafio encontrar o equilíbrio entre a família, o trabalho e o serviço voluntário na Igreja, mas também sinto que minha família e eu somos extremamente abençoados por estarmos mais próximos do Senhor.