mormon.org Brasil

Oi, eu sou Clark

  • Clark Wiscombe
  • Clark Wiscombe
  • Clark Wiscombe
  • Clark Wiscombe
  • Clark Wiscombe
  • Clark Wiscombe
  • Clark Wiscombe
  • Clark Wiscombe

Sobre mim

Fui criado não somente em Utah, mas no deserto de Utah. Caminhar, caçar, pescar, viajar como mochileiro, esquiar, andar de mountain bike, escalar, explorar canyons, tudo isso influenciou minha vida. É simples assim…Adoro estar ao ar livre! Minha paixão por atividades ao ar livre tem sido ampliada tremendamente, pois posso compartilhá-la com minha maravilhosa esposa e minhas lindas filhas. Nós gostamos muito de estar entre as criações de Deus, e isso nos une como família.

Por que sou mórmon?

Fiquei arrasado, aos 14 anos de idade, quando meu pai morreu. Como fui criado na Igreja, eu pensava muito sobre os ensinamentos que recebi lá. Tinha chegado finalmente a um ponto em que precisava tomar uma decisão. Tinha que saber se o que me foi ensinado sobre o reino de Deus e sobre famílias eternas era mesmo verdade. Queria saber se iria viver com meu pai e minha família para sempre. Sabia que para receber meu testemunho, eu precisava fazer a minha parte. No fim do Livro de Mórmon, o profeta Morôni nos faz um desafio. Ele desafia qualquer um que venha a ter contato com esse livro a lê-lo, a ponderar e a orar sobre ele. Ele promete que se fizermos isso sinceramente, nós receberemos uma resposta. Nunca vou me esquecer de quando coloquei o desafio de Morôni à prova. Aos 17 anos, li o Livro de Mórmon. Não apenas li, mas ponderei sobre os belos ensinamentos do Salvador. Então orei sinceramente ao meu Pai Celestial. Pedi a Ele uma confirmação de que o Livro de Mórmon era verdadeiro. Nunca vou me esquecer da doce e humilde resposta que recebi. Soube que meu Pai Celestial me amava e que certamente posso viver com minha família para sempre. Também compreendi que a vida não seria fácil. Felizmente compreendi outra verdade naquele dia: que eu tenho um Salvador. O perdão é real; é tangível. É para todos! Naquele dia, prometi ao Pai Celestial que sempre faria o meu melhor para responder ao Seu chamado para servir. Cada dia é uma grande bênção, e tento dar o melhor de mim para viver de acordo com o que sou — um filho do Pai Celestial. Meu testemunho é real. É meu. Eu o recebi nos momentos difíceis da vida. Ele me faz verdadeiramente feliz!!

Como vivo minha fé

Tenho tido muitas oportunidades maravilhosas de servir em minha vida. Ensinar sempre foi algo de que gostei. Nos últimos dez anos, tenho me envolvido com os jovens; faço de tudo, desde ensinar as lições da Escola Dominical até várias aventuras ao ar livre. Minha vida tem sido enriquecida por essas almas jovens. Honestamente, eles me ensinam muito mais do que eu os ensino. Há pouco tempo, pediram que eu servisse com pessoas que ensinam os jovens e os adultos a cada semana. A melhor parte é participar dessas diferentes aulas e sentir o amor que o Pai Celestial tem por cada um de Seus filhos. Minha vida tem sido grandemente enriquecida. Também tenho a oportunidade de servir em vários comitês que ajudam com as atividades da Igreja e da comunidade, como churrascos, projetos de serviço, reuniões sociais, etc.