mormon.org Brasil

Oi, eu sou Adonal

  • Adonal Noble
  • Adonal Noble
  • Adonal Noble
  • Adonal Noble
  • Adonal Noble
  • Adonal Noble
  • Adonal Noble
  • Adonal Noble

Sobre mim

Sou corretor de imóveis e adoro meu trabalho. Trabalhar com o público é algo diferente a cada dia. Tenho trabalhado com o público desde os cinco anos de idade, primeiro ao lado de meu pai, depois sozinho, a partir dos 14 anos. Agora, no Canadá, nessa região onde o trabalho possui uma grande diversidade de idiomas e costumes, ganho conhecimento falando com eles sobre seus países e costumes. Também é bom fazer novos amigos. Fui batizado aos 19 anos de idade. Desde aquela época, desenvolvi um amor pela leitura de todo tipo de publicação. Todos os dias, leio O Livro de Mórmon e a revista A Liahona. Adoro História e tento ler tudo o que vejo. Em 1998, comecei um programa de caridade como continuação do que eu estava fazendo anteriormente com minha família próxima. Enfim, encontrei membros de boa parte da minha família e da comunidade que precisavam de ajuda também: familiares, membros da Igreja e escolas. Em áreas rurais, levo tudo para a casa das crianças montado a cavalo. Na cidade, entrego os produtos com a motocicleta, nas casas, igrejas e no hospital. Ao longo do ano, para as alas de crianças doentes e bebês recém-nascidos nos hospitais, envio caixas. Os artigos são doados a mim por familiares, amigos e membros da igreja. É impressionante o quanto as pessoas querem participar. Elas sentem a mesma vontade de doar que eu! Meu esporte preferido é o futebol, principalmente na Copa do Mundo e na Copa América da Futebol. Como nasci em uma fazenda, adoro assistir aos rodeios.

Por que sou mórmon?

Acredito que fui guiado para encontrar a Igreja pelo próprio Salvador. Eu não tinha um bom relacionamento com meu vizinho. Certa noite, ouvi-o convidando meu irmão para um baile. Eu os acompanhei. Quando cheguei ao salão do baile, vi que era a “Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”. Nunca tinha ouvido falar sobre ela! A felicidade que vi no rosto das moças que vieram até a porta, recebendo-nos de maneira tão calorosa, me fez pensar que aquelas pessoas deviam ser muito especiais, pessoas felizes. Daquele dia em diante, a Igreja tem feito parte da minha vida. Não tenho dúvidas de que Deus é real, de que Jesus é o Cristo, de que Joseph Smith viu Deus e Jesus no bosque sagrado. Nenhuma Igreja falsa vai chegar a 13 milhões de membros. Qualquer pessoa disposta a ler e orar descobrirá por si mesma qual é a verdade.

Como vivo minha fé

Tive vários chamados na Igreja desde o meu batismo. Descobri que quando você tem um chamado na Igreja, o Espírito Santo te dá toda a inspiração e orientação referentes àquele chamado específico. Quando você é desobrigado do chamado, a vida volta a ser como antes. Sei que o Senhor está no controle de Sua Igreja. Adoro ler A Liahona, nossa revista espiritual SUD. Um dia, eu estava lendo e meu entendimento se abriu e pude enxergar que o que eu estava fazendo era errado e eu precisava fazer uma mudança em minha vida. Por causa dessa experiência, ganhei um testemunho muito forte da revista da Igreja A Liahona. Ao lê-la, a pessoa pode mudar sua vida.